quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sobre a eliminação da faculdade do entendimento

Ao mesmo tempo em que rebitava o conceito no objeto por meio das coincidências ilusórias da adequatio a razão instrumental espremia da formação a faculdade do entendimento, mutilando os sujeitos da reflexão que reconcilia a percepção e os juízos da razão. Seria essa a fonte básica da irreflexão ? um dos elementos, no horizonte da massificação da produção social  da incapacidade reflexiva e do apagamento da referencia básica a catástrofe da superexitação contemporânea ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário