segunda-feira, 20 de maio de 2013

Panapanã, ou umas palavras, o livro do meio

Epigrafe:
"Sim! Sou um poeta e sobre minha tumba
Donzelas hão de espalhar pétalas de rosas
E os homens, mirto, antes que a noite
Degole o dia com a espada escura”(Ezra Pound).


sábado, 11 de maio de 2013

Naves

Volvemo-nos
pois, homens
bons e inquietos
ao tombadilho,
da nave de são Pedro,
e ai,
na augusta posição
de direito,
requeiramos o rumo
desta nau,
se vai alem(?)
se vai à nosso bem(?)
ou perder-nos-emos
p'ro infinito da morte
a ninguém(?)