domingo, 9 de setembro de 2012

Olhos complacentes

A complacente
Afeição
Na íris do
Teu olho
Desfaz
Minha coragem
E, de súbito
Rubor
Nas minhas
Humílimas faces
E, restamos
Juntos

Nenhum comentário:

Postar um comentário