domingo, 2 de setembro de 2012

Fulgida

Melindrosa
Como a asa
Invernal
Que fulge
De branco
Sobre as hastes
Gentis
Minh `alma
Se desnuda
Por vezes
Condoída de sua
Augusta posição
Que lhe
Impõe, ilibada
Melancolia
E só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário