segunda-feira, 18 de junho de 2012

Valentine’s day ( na data errada)


I
Luzes felizes em pequenos
Que se no deram observar
Nos olhos alegres
Dos amantes, vivazes a passear
Construindo aos poucos
Pedaços disformes de esperança
Que n’alma imprimem
Doces falas a outrem
Mesmo e ainda
Que nos falte os acalantos
Mais amor há no mundo
Para todos à revelia.

II

As luzes nos olhos, que se amam
E sobejam, pululam à vista
Me põem um pouco deprimido ,mas
Mais esperançoso, afinal se esses
Sorrisos foram a outrem outorgados
Quem sabe, um dia, se não
Recebê-los-ei. Mas ate que seja
Meus estes olhos, só me sobra
Agradecer, pela beleza da vida, que
Que podemos nos viver
Mesmo sob o orvalho, doce
Que nos é dado, tudo mais
Desinteressa, desde que a luz possa
Ainda, no mundo habitar


Nenhum comentário:

Postar um comentário